• Edif. Advanced Trade, Sala 601, Caminho das Árvores, Salvador-Bahia
  • (71) 3052-1011
  • contato@consulfis.com.br

Exame toxicológico para motoristas – Como funciona?

img

01

set

Exame toxicológico para motoristas – Como funciona?

01/09/2020 Contabilidade para Transportadora

Entenda tudo sobre exame toxicológico para motoristas e mantenha a regularidade da sua empresa de transportes!

Confira tudo o que você precisa saber sobre exame toxicológico para motoristas!

Confira Tudo O Que Você Precisa Saber Sobre Exame Toxicológico Para Motoristas - Contabilidade em Salvador - BA | ConsulFis

Um cenário bem comum entre motoristas é a utilização drogas como uma forma de permitir que eles consigam realizar o trabalho.

Estas drogas podem ser, muitas vezes, o álcool, maconha, anfetaminas e outras substâncias psicoativas que auxiliam a permanecer acordados.

Dessa forma, o exame toxicológico para motoristas é crucial para que a sua empresa de transportes não tenha problemas com isso.

Então, quer saber o necessário sobre o exame toxicológico para motoristas?

Continue atento às informações a seguir e aprofunde seus conhecimentos sobre este exame!

O que é o Exame Toxicológico?

O Que é O Exame Toxicológico - Contabilidade em Salvador - BA | ConsulFis

O exame toxicológico é um teste que visa identificar a ausência de ingestão de substâncias entorpecentes ou psicotrópicas e faz parte do processo de vigilância de trabalhadores designados para tarefas que envolvem riscos específicos de segurança e saúde, tanto para si como para terceiros.

Essa fase de vigilância para trabalhadores, no caso aqui, para motoristas, têm como objetivo expressar o julgamento de adequação a um trabalho específico (aquele que envolve riscos específicos), com referência à exigência de ausência, mesmo que esporadicamente, de drogas ou substâncias psicotrópicas e ausência de condição de dependência de drogas.

Os procedimentos visam a adoção de um princípio de cautela conservadora no interesse da segurança do indivíduo e da comunidade, prevendo a inadequação dos trabalhadores para a execução de tarefas de risco, quando é apurado o uso de drogas, sem distinguir entre uso ocasional, regular ou vício.

Drogas são substâncias capazes de alterar fortemente as capacidades e os desempenhos psicofísicos do indivíduo, sem induzir necessariamente um estado de dependência (por exemplo, LSD, outros alucinógenos, etc.). 

Além disso, o estado de dependência de drogas implica para o trabalhador interessado em uma reintegração subsequente ao trabalho em risco, um caminho de desintoxicação e recuperação completa, que seja certificada e validada ao longo do tempo.

O exame toxicológico para motoristas é obrigação da empresa contratante?

O Exame Toxicológico Para Motoristas é Obrigação Da Empresa Contratante - Contabilidade em Salvador - BA | ConsulFis

Devemos evidenciar que a realização do exame toxicológico é uma dentre as muitas obrigações de uma transportadora que contrata um motorista.

É certo que a obrigação vale para os motoristas de caminhões de carga, sendo tarefa da empresa solicitar e pagar toda a execução da análise, desde o recolhimento do material até mesmo a aquisição do resultado.

Dessa maneira, fica claro que é a empresa que deve pagar o exame toxicológico para motoristas.

Além disso, a Lei 13.103 torna o exame toxicológico uma exigência para motoristas das categorias C, D e E que desejam realizar ou renovar a habilitação de motorista.

E, desde 2015, o Ministério do Trabalho tornou obrigatória para as empresas de transporte submeterem seus condutores de caminhão ao cumprimento do exame toxicológico.

E caso a empresa de transporte não submeta seus condutores de caminhão para este exame, elas acabam sendo multadas.

Como é feito o exame toxicológico?

Os testes de drogas na urina e testes de drogas na saliva podem analisar uma ou mais combinações de diferentes substâncias. 

O tempo de permanência das drogas no corpo humano são influenciados por muitos fatores, como massa corporal, tolerância a substâncias entorpecentes, frequência de uso, etc. 

Na urina, os tempos de permanência de estupefacientes são maiores que na saliva. 

Com o uso de testes de drogas com a urina, por exemplo, a cocaína tem um tempo médio de permanência de 2 ou 4 dias e a maconha de 15 a 30 dias, enquanto no uso testes de saliva, os tempos médios de residência diminuem de 1 a 3 dias para cocaína e 6 a 12 horas para maconha. 

O resultado do teste é rápido, 5 ou 10 minutos após o contato com a urina ou saliva, dependendo do tipo de teste de drogas utilizado, e é fácil de interpretar. 

Após o tempo indicado nas instruções, a linha de controle aparecerá na janela de teste, confirmando que o exame foi realizado corretamente, o aparecimento de uma segunda linha de fraca a mais acentuada é sinônimo de ausência (ou corte baixo) no corpo da substância narcótica ou, em caso de positividade para a substância analisada, nenhuma linha será exibida. 

Por fim, deve-se destacar que, conforme a lei, uma pessoa que faz uso recorrente dessas substâncias acaba por não ser capaz de passar os 90 dias sem utilizá-las.

Quais drogas são identificadas no exame toxicológico?

As drogas que normalmente são identificadas são:

  • Álcool;
  • Anfetaminas;
  • Benzodiazepínicos;
  • Opiáceos;
  • Canabinóides; 
  • Cocaína.

Outras drogas, como metadona e a buprenorfina, podem ser detectadas, mas o uso dessas drogas é pouco frequente ou restrito demais a determinadas populações e o teste de rotina geralmente não é necessário.

Prazo de validade do exame toxicológico

O prazo de entrega do exame toxicológico para motoristas vai depender bastante da região do país onde acontece a coleta.

E quanto ao resultado?

O resultado sai, em média, em 4 dias úteis (para resultados negativos), claro, a contar da data da chegada do material para exame toxicológico.

E quanto a validade do exame toxicológico, é de 60 dias após a coleta do exame.

Por que os motoristas de caminhões devem realizar o exame toxicológico?

Por Que Os Motoristas De Caminhões Devem Realizar O Exame Toxicológico - Contabilidade em Salvador - BA | ConsulFis

O exame toxicológico para motoristas garante a saúde e a segurança tanto dos motoristas de transportadoras quanto dos outros motoristas e pessoas que estão na rua.

Esta é, talvez, a maior importância do exame toxicológico.

Qualquer funcionário que esteja sob a influência de drogas no local de trabalho representa um risco de segurança para si e para outros funcionários.

Isso é especialmente verdadeiro em indústrias de alto risco, que envolvem máquinas pesadas, veículos de condução ou manuseio de produtos químicos perigosos.

Vários estudos estimam que 20% a 25% de todas as lesões ocupacionais são resultado do uso de álcool e outras drogas.

E um desses estudos estimou o uso de álcool como responsável por 5% de todas as mortes na estrada e até 11 % das lesões não fatais.

A aplicação de uma política de testes de drogas no local de trabalho pode ajudar a garantir a segurança para os motoristas, assim, impedindo que os funcionários que estão sob a influência frequentem o ambiente de trabalho e se tornem perigosos.Uma política de exame toxicológico para motoristas pode ser necessária se uma empresa suspeitar de um problema com drogas ou álcool.

A abordagem rápida do uso de drogas ou álcool no local de trabalho será imprescindível para garantir que a empresa cumpra suas obrigações de fornecer um ambiente de trabalho que não arrisque a saúde e a segurança de seus trabalhadores.

E aí, achou interessante este artigo? Deixe um comentário abaixo.

5/5 - (1 vote)

Comentários:

Categorias

Outras notícias

Tags

Compartilhe

Recomendado só para você
Você alguma vez já ouviu falar da desoneração da folha…
Cresta Posts Box by CP