• Edif. Advanced Trade, Sala 601, Caminho das Árvores, Salvador-Bahia
  • (71) 3052-1011
  • contato@consulfis.com.br

Como funcionam os Tributos em Lojas de Materiais de Construção?

img

03

dez

Como funcionam os Tributos em Lojas de Materiais de Construção?

03/12/2021 Loja de Materiais de Construção

Saber como funcionam os tributos em lojas de materiais de construção já é um grande passo para ficar distante de problemas fiscais, trabalhistas, legais, bem como contábeis.

Além disso, ficar por dentro do tema ajuda a manter o funcionamento ideal da sua loja, desde a gestão até o atendimento ao cliente final. 

Apesar de ser extremamente necessário, não são todos que têm a paciência ou habilidades necessárias para lidar com um assunto tão burocrático quanto o regime de tributação.

É exatamente por isso que preparamos esse material para você saber o que fazer nessa situação, e ainda conseguir manter o seu empreendimento regular e crescendo. Confira nos tópicos a seguir:

Os Principais Tributos em Lojas de Materiais de Construção e o melhor Regime para o seu negócio

Como lidar com os tributos em lojas de materiais de construção sem ao menos saber quais são eles? Ao tomar conhecimento dos impostos obrigatórios, você toma para si, mas também para sua empresa a responsabilidade de se manter regular em relação aos tributos. 

Isso não quer dizer que você terá que lidar com a situação sozinho. Na verdade, o mais indicado é que você conte com um suporte contábil especializado. Isso vai fazer toda a diferença no crescimento do seu empreendimento. 

Saber sobre os tributos é só um dos passos para esse caminho de sucesso.

É por isso que elaboramos uma lista com os principais tributos. Assim, você diminui os riscos. São eles:

  • ICMS;
  • IRPJ,
  • Impostos Previdenciários;
  • CSLL;
  • COFINS;
  • PIS;
  • Lucros Real, Presumido e Simples Nacional (Regimes).

E já que citamos o Lucro Real, Lucro Presumido e o Simples Nacional, faz sentido que você entenda qual o regime de tributação melhor se aplica ao seu negócio. Para isso, é fundamental que você faça uma estimativa de faturamento do seu empreendimento considerando sempre o tipo de atividade exercida.

Existe um regime ideal para todo tipo de empresa. Seja ela uma empresa que fatura pouco, a que fatura muito ou uma que fatura moderadamente. 

Entenda que esse é um elemento muito importante para se ter conhecimento, especialmente por ser um setor que, inevitavelmente, está em constante movimento. A área de construção civil movimenta também uma considerável quantidade de materiais. Tudo isso influencia e além disso, eleva a receita bruta.

Mas como será que isso funciona na prática? É o que você vai ver no tópico a seguir!

Como funcionam os Tributos em uma Loja de Materiais de Construção?

Já que as questões tributárias são responsabilidades de toda empresa, também fica a cargo delas saber como os tributos funcionam para se manter em conformidade e, assim, se livrar de diversos prejuízos e problemas fiscais.

No tópico anterior, você aprendeu que os tributos dependem do regime de tributação que melhor se aplica à sua loja de materiais de construção. Cada um dos regimes funciona de acordo com determinadas especificidades como atividade realizada, porte da empresa e quantidade de faturamento.

O Simples Nacional, por exemplo, é um regime tributário compartilhado de arrecadação. Como o nome indica, ele é o regime mais simplificado por meio do pagamento da unificação de vários impostos (guia única ou DAS). É nele também onde se pode oferecer benefícios pelas alíquotas reduzidas. Por essa e outras características, ele se torna ideal para casos onde a empresa não fatura tanto.

Já o Lucro Presumido, Lucro Real, o CSLL e o IRPJ geralmente são aplicados sobre a margem de lucro. Por isso, são mais apropriados caso o faturamento do empreendimento seja maior. No final das contas, o imposto ainda vai subtrair da conta algumas despesas financeiras, operacionais e administrativas.

Apesar de caminhar juntos nesse sentido, o Lucro Real e o Lucro Presumido não são iguais. Com o primeiro, a empresa recolhe seus impostos baseando eles no lucro líquido efetivo do mês ou do trimestre. Enquanto isso, o Presumido faz o recolhimento dos impostos com base na presunção do lucro, isto é, de acordo com os aspectos da empresa em questão.

O que fazer para não ter problemas com os Tributos da sua loja?

Os tributos são comumente associados à dores de cabeça, mas a verdade é que não precisa ser assim. Existem 3 pilares simples para garantir que você não terá problemas com tributos na sua loja. Confira:

Planejamento

O planejamento tributário é uma ação necessária para realizar o enquadramento do seu negócio no melhor regime de tributação. É através dele que você garante a conformidade do seu empreendimento, a menor carga tributária e os benefícios fiscais cabíveis.

Organização

A organização é a chave de qualquer controle e sucesso no mundo dos negócios. O maior exemplo disso é a organização quanto aos prazos de apuração dos tributos. Então, se você se atenta a eles, fica mais fácil se manter em dia, se livrar de multas e acúmulo de contas a pagar, além de evitar prejuízos financeiros ou até mesmo perder o seu negócio. 

Suporte

O suporte contábil especializado é simplesmente indispensável para o desenvolvimento da sua empresa. Além disso, você pode fazer isso antes mesmo de propriamente abrir o seu negócio. Esse suporte composto por profissionais qualificados está apto a te ajudar com o planejamento tributário e com a organização de prazos. Faça do suporte o seu maior aliado e evite arrependimentos.

Para melhores resultados conte com o grupo da ConsulFis Contabilidade. O escritório de contabilidade é referência em Salvador e além disso, é fonte de sucesso em qualquer negócio.

Sendo assim, clique aqui e conte com o auxílio da empresa para lidar com os tributos em lojas de materiais de construção.

 

5/5 - (1 vote)

Comentários:

Categorias

Outras notícias

Tags

Compartilhe

Recomendado só para você
Controle de Fluxo de Caixa para empresas na Bahia Veja…
Cresta Posts Box by CP