• Edif. Advanced Trade, Sala 601, Caminho das Árvores, Salvador-Bahia
  • (71) 3052-1011
  • contato@consulfis.com.br

Você sabe como funciona uma Contabilidade para Clínica Médica?

img

24

jul

Você sabe como funciona uma Contabilidade para Clínica Médica?

24/07/2020 Contabilidade para clínica médica

A maioria das pessoas sabe o quanto o profissional da área da saúde é importante e reconhecido mundialmente, afinal, esses especialistas têm a rotina extremamente corrida, com muitas consultas, chamadas de emergências e plantões e, com isso, acabam não tendo tempo para lidar com as questões contábeis da sua empresa.

Há um crescimento significativo, atualmente, quanto às clínicas médicas, e isso só mostra o quanto essa área é importante e faz com que os profissionais dela procurem cada vez mais por serviços que possam ajudá-los durante o dia a dia.

Por isso, é importante que eles tenham um contador ou um escritório de contabilidade para clínica médica para cuidar dessas questões referentes ao seu negócio.

Se você é um desses profissionais e está passando por essa situação, este artigo foi feito para auxiliá-lo em como proceder com a contabilidade para a sua clínica médica.

Como escolher um profissional especializado em clínica médica?

A contabilidade é necessária em praticamente todas as empresas, e as clínicas médicas não poderiam ficar de fora. 

Sendo assim, para escolher um contador especializado nessa área você deve, primeiramente, fazer uma pesquisa para saber sobre a índole desse profissional, conversando com pessoas que tenham empresas sob os cuidados dele, buscando, dessa forma, por referências, além, é claro, de saber se os valores que ele cobra pelo serviço estão muito altos ou baixo demais.

Uma contabilidade para clínica médica pode orientar de forma correta e coerente todos os gastos e as tributações da sua empresa e ainda ajudá-lo em:

  • Organizar todos os documentos referentes à sua empresa desde a abertura;
  • Ter sempre disponível a declaração de faturamento da sua clínica, seja para controle próprio como, também, para a solicitação em alguns lugares;
  • Estar em dia com as obrigações;
  • Fazer o pagamento de impostos dentro dos prazos estipulados;
  • Disponibilizar o registro correto dos funcionários da sua empresa, conforme a CLT;
  • Evitar problemas com a Receita Federal;
  • Toda a Escrituração Contábil e Balanço Patrimonial estarão em dia. Veja na  Lei 10.406/2002 a obrigatoriedade delas e a importância de ser ter uma contabilidade para clínica médica.

Como funciona a contabilidade para clínica médica?

A contabilidade para clínica médica, assim como para qualquer empresa, é praticamente o lançamento de movimentações em um sistema contábil próprio, e elas devem ser analisadas e computadas devidamente para alcançar os corretos dados fiscais e contábeis do seu consultório.

Para que o seu contador possa fazer isso da melhor maneira possível, você deve enviar alguns documentos e informações mensalmente, como:

  • Notas fiscais de entrada e saída, podendo ser em arquivo próprio para a importação no sistema ou notas físicas;
  • Contrato de compra e venda e de aluguel, se você tiver;
  • Extratos das suas movimentações bancárias de todos os bancos referentes à sua clínica médica;
  • Despesas mensais da clínica, como luz, telefone, água, folha de pagamento dos funcionários, aluguel, etc.;
  • Comprovante de pagamento dos seus impostos.

Com isso sendo enviado mensalmente para uma contabilidade para clínica médica, será possível realizar o controle fiscal e contábil com mais precisão e da forma correta.

É necessário abrir uma empresa para ter uma clínica médica?

Muitos profissionais que querem trabalhar abrindo uma clínica médica ficam em dúvida se podem atuar como Pessoa Física ou somente como Pessoa Jurídica. Independente da dúvida, o melhor é se formalizar como Pessoa Jurídica abrindo uma empresa.

Mas, se você não quiser abrir uma empresa, dependendo da área de atuação da sua clínica médica, é possível ser um profissional autônomo, tendo que realizar o recolhimento mensal do carnê leão e, dessa forma, sofrer a retenção na fonte de até 27,5% de IRRF e, além disso, ainda pode pagar INSS de até 20% e também de ISS.

Como Pessoa Jurídica, você precisará encontrar um escritório de contabilidade para clínica médica que possa fazer o processo de abertura da empresa para você e, a partir desse instante, definir qual o melhor regime tributário (Simples Nacional, Lucro Presumido, Lucro Real) e a natureza jurídica para a sua empresa.

Depois de definir a natureza jurídica e o regime tributário da sua empresa, o contador dará início ao processo de abertura da sua clínica médica, fornecendo as seguintes documentações (após a sua abertura):

  • Registro da Junta Comercial da sua clínica médica;
  • Contrato Social;
  • CNPJ;
  • Alvará da Vigilância Sanitária;
  • Alvará de Funcionamento, que é de extrema importância para que a sua clínica comece a funcionar;
  • Alvará do Corpo de Bombeiros;
  • Inscrição Municipal;
  • Inscrição Estadual;
  • Comprovante de pagamento do IPTU

O correto é que você comece a trabalhar na sua clínica tendo toda essa documentação em mãos. 

No final das contas, atuar como uma empresa transmite mais segurança para os seus pacientes e deixa você mais tranquilo em relação às suas obrigações com a Receita Federal

Quais são as dificuldades para a abertura de uma clínica médica?

Nem sempre as coisas são fáceis de se conseguir, não é mesmo? E quando o assunto é a abertura de uma clínica médica, existem algumas burocracias a serem tratadas.

Por isso, a seguir, vamos te disponibilizar uma lista com as principais dificuldades de uma clínica médica, principalmente logo após o processo de abertura:

  • Organização de agenda de consultas;
  • Manutenção de equipamento;
  • Dificuldades para organizar os históricos dos pacientes e o horário das consultas, necessitando de um bom software de gestão;
  • Atrair os primeiros clientes ao abrir uma clínica médica, se você não investir em marketing e divulgação nas redes sociais;
  • Não saber quanto cobrar pelos seus serviços;
  • Não organizar a agenda de maneira adequada, sendo necessário sincronizar a sua agenda pessoal com a profissional;
  • Não investir em tecnologia, que é algo muito importante para o desenvolvimento da sua clínica médica;
  • Não fazer um planejamento tributário juntamente com uma contabilidade para clínica médica.

Portanto, um profissional dessa área precisa vencer essas dificuldades para o bom funcionamento da sua empresa e, junto com uma contabilidade para clínica médica, esses desafios se tornam mais fáceis.

Sendo assim, procure se formalizar como empresa, por mais que isso pareça complicado, você terá mais benefícios e, com certeza, mais facilidade e segurança.

Gostou do post? Que tal compartilhar nas suas redes sociais para que outras pessoas saibam como funciona a contabilidade para clínica médica?

Compartilhe no facebook

Classifique nosso post post

Comentários:

Categorias

Outras notícias

Tags

Compartilhe

Recomendado só para você
Veja tudo o que você precisa saber para abrir uma…
Cresta Posts Box by CP