• Edif. Advanced Trade, Sala 601, Caminho das Árvores, Salvador-Bahia
  • (71) 3052-1011
  • contato@consulfis.com.br

Qual é o melhor Regime Tributário para Construtoras?

img

14

dez

Qual é o melhor Regime Tributário para Construtoras?

14/12/2021 Contabilidade para Construtoras

Escolher o melhor Regime Tributário para construtoras é uma etapa fundamental, porém, ela pode ser também bastante confusa. As especificações de cada tipo de regime, a adequação em cada tipo de negócio e o peso de tentar evitar gastos excessivos em impostos pode gerar bastante dúvidas e atrasos.

Mas se existe uma forma de evitar isso é a partir do conhecimento. Quando se busca saber as características de cada Regime Tributário, você já dá um pontapé inicial para entender qual é o mais vantajoso para o seu empreendimento.

Além disso, esse conhecimento e um planejamento tributário te ajudam a melhorar a sua Gestão Financeira e, consequentemente, a reduzir custos e levar mais sucesso para o seu negócio.

Então, se você quer mais tranquilidade para lidar com as questões fiscais junto a Receita Federal esse é o momento de virar as coisas a seu favor. Vamos te ajudar a entender os regimes e te passar algumas dicas para escolher aquele que melhor se adequa a sua realidade.

Preparado? Então, siga os tópicos e aproveite a leitura!

O que é Regime Tributário?

Antes, o que caracteriza um Regime Tributário?

Tentar descobrir o melhor Regime Tributário para construtoras não faria muito sentido sem saber do que se trata as tributações. A própria definição do regime pode te dar informações importantes para decidir o que seria mais adequado em cada caso.

Sendo assim, o regime tributário é um conjunto de impostos que, obrigatoriamente, devem ser pagos à Receita Federal. Ou seja, trata-se de leis que controlam e sinalizam que as construtoras têm contas a prestar para o Governo. 

Por essa definição, os tributos não devem ser negligenciados. Mesmo em tempos de crise econômica nacional e dificuldades financeiras, os impostos devem ser prioridade ou as consequências podem causar prejuízos ainda maiores. Além do bloqueio de bens e multas, o empresário fica sujeito a riscos de processos e muito mais.

O cumprimento dessas leis são destinadas para as empresas que têm um CNPJ, mas isso não significa que todas elas devem pagar o mesmo valor.

Cada construtora deve pagar um valor que varia de acordo com os resultados alcançados, as operações realizadas, os rendimentos, os gastos e as rendas. Se o cálculo depende desses aspectos, a escolha do Regime Tributário também é relativa.

O que não é relativo é a importância do pagamento dos tributos. Para as pessoas que desejam ver o seu empreendimento crescer de forma honesta e eficiente, estar em ordem com essas obrigações não apenas é importante como também é necessário.

Por que escolher um bom Regime Tributário para Construtoras?

Para colher bons frutos e evitar problemas, o empresário precisa entender quais são os valores de tributos fiscais que deve pagar seguindo as indicações para o porte da empresa e os detalhes por sua categoria de serviço.

Em outras palavras, o Regime Tributário adequado é um dos maiores contribuintes para a saúde financeira da sua empresa. Na busca pelo melhor Regime Tributário para construtoras, você ainda fica mais inteirado sobre os rendimentos, gastos e fatores cruciais do processo de tributação.

Escolher um bom Regime Tributário também impede que você gaste muito dinheiro sem necessidade, afinal, sem informação você pode escolher um tributo que cobre mais do que você pagaria de acordo com os cálculos certos.

Por último, um dos principais motivos para decidir pelo Regime Tributário certo é que, assim, fica mais fácil cumprir suas obrigações. E como você já sabe, a negligência com o pagamento pode ser muito perigosa e causar prejuízos enormes como:

  • Multas por atraso: Penalidades que chegam a 20% para cada dia de atraso;
  • Juros de Mora: Pagamento que segue a taxa SELIC +1% e é exigido depois de 1 mês de inadimplência;
  • Restrições: A empresa fica impedida de participar de licitações públicas e, consequentemente, sujeita a perder novos negócios;
  • Problemas com o Banco: A empresa encontra dificuldade de conseguir crédito, empréstimos e distribuir lucros;
  • Risco de processo: A empresa fica sujeita a enfrentar processo por sonegação fiscal, algo que atrapalha fortemente a empresa de atuar no mercado;
  • Bloqueio de bens: A empresa perde acesso a seus recursos.

Certamente esses são problemas que ninguém quer ter que enfrentar em suas construtoras. Sendo assim, vejamos no tópico a seguir como escolher o melhor regime!

Qual o melhor Regime Tributário para Construtoras?

São três regimes tributários: o Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido. Uma empresa de Construção Civil pode ser encaixada em algum desses três, de acordo com as especificações do seu empreendimento.

Que tal conhecer mais sobre eles?

Bem, com o Simples Nacional as construtoras pagam o IR, CSLL, PIS, Cofins, IPI, ICMS e/ou ISS de forma unificada e separada. A carga tributária efetivamente varia entre 5% até 21% de acordo com o faturamento da empresa.

O Lucro Real é o regime mais conhecido como padrão, mas exige apuração das receitas, desconto de custos e despesas e outros cálculos até chegar no valor real. É por isso que a Receita Federal solicita algumas obrigações com esse regime.

Já o Lucro Presumido é feito através de estimativas. Para isso, ocorre a aplicação de alíquotas de presunção.

A partir disso, já é possível escolher o melhor regime para seu empreendimento. Por exemplo, os regimes Lucro Real e Lucro Presumido são as melhores opções por conta do porte das construtoras.

Já eliminamos a opção Simples Nacional, agora, para escolher o melhor é preciso analisar as características do negócio. Por exemplo, o Lucro Real leva em conta os custos de construção enquanto o Lucro Presumido faz com que o Imposto de Renda e a Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido seja o mesmo.

A diferença entre os dois regimes é principalmente sobre a forma de apuração dos elementos que compõem o cálculo.

Qual dessas opções faz mais sentido para você?

Se ainda for difícil decidir, saiba é possível dividir o peso da decisão com quem realmente entende do assunto. A contabilidade para construtores serve para ajudar você a escolher o melhor regime para você.

Conheça os serviços da ConsulFis e para ter certeza sobre o regime tributário para construtoras e sobre o que a sua empresa precisa!

2/5 - (1 vote)

Comentários:

Categorias

Outras notícias

Tags

Compartilhe

Recomendado só para você
Saiba como fazer a mudança de Regime Tributário da sua…
Cresta Posts Box by CP